CULTURA/DESPORTO

 EMPRESÁRIO CATIÓ BALDÉ SUSPENDE FUNÇÃO NA FEDERAÇÃO GUINNENSE DE FUTEBOL 

O Diretor-Executivo da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), o empresário de futebol, Catió Baldé pediu ontem, 15 de Março 2018, a sua ‘suspensão temporária’ das suas funções que desempenha junto da entidade que rege o desporto-rei guineense. 
Numa carta feita em Lisboa, Portugal e datada de 15 de Março de 2018, endereçada à Federação de Futebol da Guiné-Bissau, que o jornal O Democrata teve acesso, Catió Baldé comunicou que não estará nos estágios para os próximos compromissos dos ‘Djurtus’ em França, nos dias 19 e 27 de Março.
“Venho, pela presente, suspender as minhas funções de Diretor Executivo da FFGB temporariamente até uma reunião/conversa com o presidente já solicitado por mim, junto da secretaria-geral. Assim, comunicar também, que NÃO vou participar no estágio da seleção nacional nas datas de 19/03/18 a 27/03/18”, lê-se na curta missiva do empresário desportivo.


Baldé pediu antecipadamente a compreensão, acrescentando que aguarda a marcação da reunião que solicitou ao presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau, Manelinho Nascimento Lopes.

Recorde-se que Catió Baldé foi nomeado diretor executivo da Federação de Futebol da Guiné-Bissau, em Novembro de 2016, quando os ‘Djurtus’ preparavam a participação inédita numa Taça das Nações Africanas (CAN), realizado no Gabão, em Janeiro e Fevereiro de 2017.

De acordo com o Democrata, na altura, numa declaração à Agência de Notícias Lusa, a secretária-geral da federação guineense, Virgínia Mendes, afirmara que a indigitação do empresário Catió Baldé “foi decidida pelo presidente” da instituição, Manuel Nascimento Lopes, com efeitos imediatos.

Notabanca; 17.03.2018

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

ESCRITOR GUINEENSE LUCIANO PEREIRA LANÇA “A MIGRAÇÃO É O INFERNO NA GLÓRIA”
O Livro do guineense, Luciano Óscar Pereira, “a Migração é o Inferno na Glória”, vai ser lançado a27 deste mês em Bissau.
A obra é um tributo às mulheres e homens da Guiné-Bissau que lutam diariamente por esse mundo fora em busca de um futuro melhor para si e para seus familiares no país que os viu nascer.
Segundo Óscar Pereira, o livro é um retrato dos acontecimentos que se verificam na vida dos imigrantes, nomeadamente os africanos na Europa nas últimas décadas do século 20 e das consequências pesarosas no século vigente.
“A obra debruçou-se sobre muito dos nossos irmãos africanos que perdem a vida na tentativa de atravessar o Atlântico a procura de um futuro melhor, de melhor trabalho, de comida, de uma oportunidade de realizar um sonho, numa terra distante do continente onde nasceram”, explicou Pereira.
Embora reconheça que é muito difícil convencer os cidadãos, sobretudo a juventude, para abandonar a ideia de emigração, devido aos seus riscos, mas, sobretudo, devido à dificuldades  pede uma maior sensibilização.

O autor do livro que nasceu na ilha de Pecixe (Guiné-Bissau), deixou o país há 30 anos a procura de melhor condições na Europa e neste momento vive em Bruxelas, apela aos líderes do continente africano a dar mais oportunidades aos jovens no sentido de reduzir a prática de emigração.

De acordo com ANG, a cerimónia de apresentação do “a Migração é o Inferno na Glória”  terá lugar no próximo dia 27 de Fevereiro , nas instalações do Centro Cultural português em Bissau e cada exemplar custa 10 mil francos CFA, equivalente a 15 euros.

O livro “a Migração é o Inferno na Glória” é um romance, ficção por excelência, que nos alimenta o imaginário designadamente nas passagens reveladoras da riqueza étnica e animista da Guiné-Bissau.

O escritor guineense, Luciano Óscar Pereira, formou-se em Técnicas de Vendas na escola americana Raibow em Carnaxide (Portugal), é também jornalista free lancer, analista da política económica e acção social, também organiza eventos culturais e pratica humorismo.

Notabanca; 20.02.2018

 ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

EXPOSIÇÃO DE FREDRICK SANTY PATENTE NO CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS EM BISSAU 
O Centro Cultural Português apresenta, entre 19 e 28 de fevereiro, uma exposição retrospetiva do artista plástico guineense Fredrick Santy.
Nasceu em São Domingos, em 1975, e vive atualmente em Nhacra. Versátil e inovador, pinta por compulsão. Utilizou o surrealismo no período da guerra de 1998, depois a figuração e a pura abstração, por vezes com colagens de elementos minuciosos e de harmonia superior.
Realizou exposições coletivas no Centro Cultural Portugues em Bissau, em em vários anos; durante a VI Cimeira da CPLP, em Bissau, em 2006; no Festival Pan Africano, na Argélia, em 2009; na Conferência e Mesa Redonda para apresentação do Plano “Terra Ranka”, em Bruxelas, em 2015. Realizou exposições individuais na sede da RTP África em Bissau.
Visite agora o centro Cultural Português vai encontrar muitas novidades sobre a exposição do artista. 
Notabanca; 21.02.2018

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 CONCERTOS LÍRICOS ANA MARIA PINTO COM OS SUPER CAMARIMBA CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS EM BISSAU 
Dia – 28 de fevereiro, 21h30 em Bissau.
Tabanka de Tabatô – 03 de março, 19h00.
Concertos de apresentação do albúm "7 Songs for a New Earth", da soprano portuguesa Ana Maria Pinto, a realizar no Centro Cultural Português e na tabanca de Tabatô, em parceria com o grupo guineense Super Camarimba e com instrumentos tradicionais (Kora, Djembém, Cabaça, Dundum e Balafon).
A entrada é livre.
Notabanca; 26.02.2018

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::  “MANELINHO” CONDENADO TRÊS ANOS DE PENA SUSPENSA E MULTA DE 19 MILHÕES DE FRANCOS CFA 
Cidadão Manuel Nascimento Lopes vulgo “Manelinho”, presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau foi condenado três anos de pena suspensa e multa de dezanove milhões de francos. 
A decisão consta no acórdão de colectivo de juízes do Tribunal Regional de Bissau que foi lida hoje, 01 de dezembro, na sala do julgamento da instituição judicial.
Em reacção, um dos advogados de defesa, Aerton Djompi disse que medida demonstra que o tribunal perdeu a capacidade de fazer a justiça e ameaça recorrer a sentença do “Manelinho”.
Mussá Sanhá, advogado do queixoso promete avançar com outra queixa-crime contra o Manelinho, caso o seu advogado recorrer a decisão.
Recorde-se que, Manuel Nascimento Lopes foi julgado no passado dia 17 de Outubro, por supostamente “ter agredido e injuriado”, o cidadão, Francisco Silva Monteiro, aparentemente de setenta anos.
Notabanca; 01.11.2017 
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::FIFA AMEAÇA BLOQUEAR FUNDOS PARA GUINÉ-BISSAU POR CORRUPÇÃO NA FEDERAÇÃO DE FUTEBOL 

“Secretaria-geral da FIFA ameaça a não apoiar à Guiné-Bissau, enquanto existe problema de alegada corrupção financeira na Federação de Futebol da Guiné-Bissau”
Anunciou hoje em Bissau, em conferência de imprensa a Directora-geral dos Desportivos.
Maria da Conceição Évora disse que a secretaria-geral do organismo máximo do futebol mundial advertiu que não vai abrir as mãos para apoiar o fomento do humilde futebol guineense, enquanto persiste, indícios de corrupção financeira na instituição federativa.
Em relação o diferendo que existe na Federação de Atletismo, Sãozinha Évora afirmou que o presidente-cessante, Renato Moura reconheceu que foi ele mesmo que alterou os estatutos da organização para chegar ao poder.
Recordamos que alguns dirigentes da FFGB foram rolados no Ministério Público por suspeitos de corrupção financeira, incluindo o seu presidente, Manuel Nascimento Lopes vulgo “Manelinho”.
Por agora, o país a perder o que deveria usufruir, por má gestão dos outros.
Isto é inaceitável! A justiça justa deve ser aplicada, aos seus infratores.
Notabanca; 22.08.2018

________________________________ 


PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO DO ATLETISMO EM PÉ DE GUERRA COM DIRETORA-GERAL DOS DESPORTOS  
Reeleito presidente da Federação de Atletismo reagiu com certa revolta as acusações que foi alvo, em conferência de imprensa pela directora-geral dos Desportos.

Sãozinha Évora anunciou a imprensa desportiva que, Renato Moura vulgo “Papi”, tenha adulterado os estatutos da modalidade para reassumir a presidência da organização.
Em reação, hoje a Notabanca, a partir de Lisboa/Portugal, Renato Moura, “Papi” defendeu que em nenhum momento tenha alterado os Estatutos. Por isso, exige apresentação da ata da reunião que confirma a ferocidade dos fatos.
Ainda, “Papi” adiantou que a directora-geral dos Desportos havia anunciado que os problemas da organização devem ser resolvido num fórum da modalidade.
“Não vou ser razão do problema. Mas tenho direito como qualquer um, para se candidatar a liderança da federação de atletismo,” defendeu Papi.
Renato Moura “Papi” foi reeleito no meio do ciclone pelo terceiro mandato como presidente da Federação do Atletismo da Guiné-Bissau, acusado de adulterar estatutos para chegar ao poder.
Notabanca; 24.08.2017

  

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

NOVELA “LALA QUEMA” PAIRA NA FFGB COM INDÍCIO DE CORRUPÇÃO FINANCEIRA E PRESIDENTE FAZ ACUSAÇÕES 
A novela “Lala quema” continua ganhar proporções alarmantes no futebol guineense e no regime do Presidente Mário Vaz.
Tudo porque em conferência de imprensa realizada quinta-feira em Bissau, o presidente da Federação de Futebol denuncia desvio de fundos bem como concessão de licenças ilegais aos navios de pescas, no Ministério das Pescas. E questiona, “se isto não é banditismo?”
Em reacção, o ministro das Pescas, Orlando Mendes Viegas disse que o líder federativo deve preocupar-se de resolver o seu problema no fórum judicial e não estar a fazer acusações sem fundamento.
Ainda, neste encontro com a imprensa, Manuel Nascimento Lopes disse estar a ser alvo de perseguição pela justiça. Afirmando que coisas graves acontecem no país.
“Dinheiro de Estado está a ser esbanjado loucamente em benefício individual, diz.
O líder federativo descarga ainda baterias contra os governantes:
“Cada primeiro-ministro que vier, tem frota de caros, quando sai vai com as viaturas.” E considera de “roubalheira avultadas somas em dinheiro de perdiens que os governantes auferem nas viagens ao estrangeiro”.

No entender do Manelinho: “dia em que haja justiça no país, esses bandidos não terão a voz ativa de falar perante o povo,” diz manelinho.
De referir que, durante a conversa com a imprensa, Manuel Nascimento Lopes e os seus colaboradores envolveram-se numa tremenda discussão com os jornalistas.
Perante a confusão de troca de palavras, o líder federativo acusou o Ministério dos Desportos de estar a prepara alguns dirigentes da federação para assaltar a instituição federativa.
Sobre o suposto desvio dos quatrocentos milhões de francos, nesta instituição de futebol, Manelinho defendeu que o valor monetário foi gerido para despesas do campeonato nacional de futebol.
Mas, na outra conferência de imprena realiada, dia 11 de Abril, Manuel Nascimento Lopes havia anunciado que a CAF desbloqueou, cerca de 138 milhões para apoiar a FFGB. Afirmando que está ser alvo de perseguição pela justiça.
Notabanca; 07.07.2017

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

DENILZA CÁ VULGO “DENIZE” DA FFGB OUVIDA NO MP NO ÂMBITO DE ALEGADA CORRUPÇÃO

O Ministério Público (MP) não desarma. Continua mirar flecha contra algumas figuras ligadas a Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), suspeitas sobre o indício de corrupção financeira neste órgão federativo. 
Após Virgínia Mendes da Cruz, agora é a vez de Denilza Cá, vulgo “Denize”, secretária da Secretária-geral da Federação de Futebol ouvida nesta manhã, na Procuradoria-Geral da República sobre a matéria.
A audição durou cerca de duas horas e a saída, o advogado da suspeita recusou prestar quaisquer declarações aos jornalistas.
Recorde-se que no passado dia 25 deste mês, o Ministério Público ouviu, Virgínia Mendes da Cruz, Secretária-geral da Federação de Futebol.
Notabanca soube que, a Procuradoria-Geral da República produziu um despacho que proíbe a entrada, temporariamente da Virgínia Mendes na sede da Federação de Futebol, também retirando-a o passaporte e viatura, enquanto decorre as investigações.
Quem será o próximo? De certeza é Presidente da FFGB, Manuel Nascimento Lopes "Manelinho" já na quinta-feira, 01 de junho.
Notabanca; 30.05.2017

  :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

VICE-PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DA GUINÉ-BISSAU DEMITE-SE

Amadu Nogueira, um dos vice-presidentes da federação guineense de futebol, demitiu-se hoje das suas funções, alegando «falta de transparência na gestão» dos assuntos da instituição.
Antigo jogador profissional em Portugal, Amadu Nogueira, que se notabilizou no Gil Vicente nos anos 90, acusa o comité executivo da federação de se ter transformado numa instituição «cada vez mais opaca e com falta de transparência».
«Movo-me por valores, não estou disposto a ser confundido com quem se preocupa apenas em servir-se do futebol», declarou, em carta a que a agência Lusa teve acesso.
Amadu Nogueira afirmou também que os atuais dirigentes o fizeram acreditar que tinham projetos para fazer progredir a modalidade «quando, na verdade, tinham apenas interesses pessoais».

«Renuncio ao cargo para que fui eleito por não ter rigorosamente nada que me identifique com os restantes membros da direção», lê-se ainda na carta dirigida ao comité executivo.
Nogueira sublinhou que se demite para denunciar «a farsa em que se transformou a federação de futebol da Guiné-Bissau.
A demissão do vice-presidente acontece num momento em que os atuais dirigentes da federação estão a ser investigados pela justiça e pelo governo, por suspeitas de má gestão de fundos da FIFA e da Confederação Africana de Futebol (CAF).
As suspeitas recaem sobre a secretária-geral, Virgínia da Cruz, que já foi ouvida no Ministério Público, e Manuel Lopes, o líder do organismo, que deverá ser ouvido esta quinta-feira pela mesma instância.
Notabanca; 31.05.2017

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 SELEÇÃO GUINEENSE DE FUTEBOL SOBE 18 POSIÇÕES OCUPANDO POSIÇÃO 85 RANKING DA FIFA

Apesar da crispação política e suposto desvios de fundos pelos dirigentes da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), no desporto-rei a atuação dos rapazes está melhorando, gradualmente.
Ranking da FIFA indica que a seleção de futebol da Guiné-Bissau “Djurtus” subiu nesta quarta-feira, 18 posições e ocupa atualmente, o lugar nº 85 do ranking da FIFA. Ainda, sabe-se que os “Djurtus” configuram neste momento, como melhor seleção dos Países da Língua Oficial Portuguesa (PALOP).
Parabéns Djurtus!
Notabanca; 06.07.2017

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

PRESIDENTE DA FFGB OUVIDO NO MINISTÉRIO PUBLICO E SAI BASTANTE DESAPONTADO

O Ministério Público (MP) continua apertar cerco aos dirigentes da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), por alegado indício de corrupção financeira. 
O líder deste órgão federativo, Manuel Nascimentos Lopes vulgo “Manelinho” foi ouvido hoje, 01 de junho, no Ministério publico cerca de três horas, perante o seu advogado.
À sida nem o Manelinho nem o advogado prestaram declarações à imprensa. Tudo ficou em “mucurmucur” que significa em português silencio absoluto.
“Remetendo-se em silêncio, o pior está para vir contra os dirigentes da federação”-fonte.
Na sequência disto, Notabanca soube de fonte fidedigna que, as portas da sede da Federação de Futebol encontram-se desde ontem, encerradas com cadeados e correntes, a mando do presidente desta instituição federativa.
A decisão de Manuel Nascimento Lopes, segundo a fonte ligada a instituição deve-se ao facto da Policia Judiciária ter retirado alguns documentos e computador no interior do edifício para o efeito de investigação, sobre o indício de corrupção financeira.
A mesma fonte informa que o líder da Federação de Futebol adiantou que vai explicar todo o episódio a CAF, organismo máximo que gere futebol no continente africano.
Advogado na viatura
A fonte disse ainda que Manelinho pode correr mesmas circunstâncias em que ocorrerem as duas dirigentes da federação. Igualmente ouvidas no MP.
A mesma fonte indica que, o Ministério Público interdita a entrada de Denize nas instalações da sede desta instituição federativa, enquanto estão em curso as investigações sobre o suposto desvio de fundos doados pela FIFA e CAF a Guiné-Bissau para o fomento do futebol na Guiné-Bissau.
Também, o Ministério Público já vedou a entrada da Virgínia Mendes da Cruz na sede da Federação de Futebol, por mesmos motivos retirando-a viatura e passaporte.
Notabanca; 01.05.2017

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

MINISTRO DOS DESPORTOS SOLICITA MINISTÉRIO DAS FINANÇAS PARA INSTRUIR INSPEÇÃO-GERAL  FAZER AUDITORIA DOS FUNDOS DOADOS PELA FIFA E CAF

Oh meus Deus! Como isto pode acontecer!?
FIFA E CAF doam fundos à Guiné-Bissau, o titular da pasta dos desportos não saber dos montantes. Tudo estava fechado na federação do futebol com sete chaves? Ou alguém chupa dinheiro instalando secessionismo e nepotismo? 
Bom, a resposta, cabe ao fórum judicial desvendá-la nas eventuais sentenças sobre alegados indícios de corrupção, na federação guineense de futebol.
Para o efeito, o Ministro dos Desportos quebrou o silêncio solicitando ao Ministério das Finanças para instruir Instecção-geral das Finanças proceder auditoria e facultá-lo todos os dados dos fundos doados pela FIFA e CAF à Guiné-Bissau.
O pedido de Tomás Gomes Barbosa foi anunciado hoje em Bissau, em conferência de imprensa, justificando a intenção para estar munido de informações credíveis dos valores monetários doados pelos dois organismos de futebol à Guiné-Bissau.
Gomes Barbora assegura que, a federação recebeu fundos e tinha por direito de informar ao Governo. Adiantando que já instituiu uma inspeção, solicitou ao ministério das finanças e o Tribunal de Contas para fazerem auditorias de contas no desporto e cultura, de modo apurar a veracidade dos fatos. 
Notabanca; 02.06.2017

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: 

 "ARMANDO NHAGA BRUXO DO BENFICA USA MACUMBA CONTRA RIVAIS PARA VENCER"

ArmandoNhaga acusado de usar panos vermelhos, sacrifício de animais e oferendas de comida para ajudar as águias a chegarem ao tetra. 
É um tema antigo agora reavivado pelas revelações do diretor de comunicação do FC Porto ao Porto. Falamos de bruxaria. Segundo Francisco J. Marques, houve troca de correspondência entre Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, e Armando Nhaga, alegado comissário da Polícia da Guiné--Bissau, em que este falava na necessidade "de assinar um acordo de prestação de serviços".
No total, segundo Francisco J. Marques, o Benfica, que não quis comentar e sustenta que este "é o momento da justiça atuar", terá pago 136 mil euros. Um dos mails, citados pelo dirigente, era de Luís Filipe Vieira a perguntar ao prestador o que se tinha passado, pois o Benfica tinha perdido em Dortmund por 4-0.
Este é um tema pouco vulgar, mas não é novo. A primeira vez que o futebol português e os poderes do oculto surgiram de mão dada foi no início da década de 80 com o surgimento de Zandinga. Este, depois do verão quente no FC Porto, mudou--se com António Oliveira para Penafiel e a verdade é que os durienses empataram nas Antas a dois golos a 30 de novembro de 1980. Supostamente, o médium terá escavado uns buracos atrás da baliza do guarda-redes Fonseca.
Zandinga já na altura era parodiado por falhar as suas previsões, até porque dizia sempre que o Sporting seria campeão. A certa altura disse que enquanto não fosse convidado a ir a Alvalade o Sporting não conquistaria o título e a verdade é que os leões só quebraram o jejum de 18 anos em 1999-2000... já Zandinga tinha morrido. Mas há mais sobre o luso-brasileiro Lesagi Gymmes Zandinga. Quando Pedroto treinava o FC Porto, dizia-se que o treinador e Pinto da Costa tinham de tomar banho junto à Capelinha do Mar. Mas só de madrugada e em noites de lua cheia.
Ainda no FC Porto, Delane Vieira é um nome incontornável. Terá soltado dois sapos no estádio do Prater, em Viena, de modo a que os dragões se sagrassem campeões europeus em 1987. Seis meses depois, em Tóquio, Delane Vieira queria que nevasse, o que não acontecia na capital nipónica havia 40 anos. E nevou mesmo. Quando a FIFA perguntou ao FC Porto se estava de acordo em adiar a final da Taça Intercontinental com o Peñarol, Pinto da Costa rejeitou a conselho de Delane Vieira, que não era bem visto pelo então adjunto Octávio Machado, que num encontro no Bessa o socou em frente a todos os jogadores, conforme descreve Octávio no seu livro. O curioso é que Delane Vieira entra em Portugal pela mão de Otto Glória, quando este treinava o Benfica. 
Outro nome mais recente e marcante foi o do Bruxo Alexandrino, que se dizia "formado em semiótica", e gabava-se de ter evitado a descida do V. Guimarães em 2000-2001. Nandinho, jogador vimaranense nessa época, especificou ao site relato.pt as técnicas de Alexandrino. que agradeceu a Pimenta Machado ter "aceitado" o seu trabalho após Benfica e Sporting terem... recusado.
Em 2015 surgiu o bruxo de Fafe, que se dizia estar a ser pago para o Benfica não ser campeão. Dizia que utilizava magia negra e que o seu serviço, em caso de sucesso, lhe renderia 200 mil euros. Afinal, o Benfica foi mesmo campeão. Três anos antes tinha previsto o triunfo do FC Porto na Luz e os dragões ganharam mesmo por 3-2 e no final seriam campeões. DN
Notabanca; 29.06.2017

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::.

CAN2017: BACIRO CANDÉ QUER ELEVAR PONTO MAIS ALTO DO FUTEBOL DA GUINÉ-BISSAU AOS `QUARTOS`

 O selecionador de futebol da Guiné-Bissau, Baciro Candé, assumiu hoje o objetivo de superar a fase de grupos da Taça das Nações Africanas (CAN) de 2017, depois da qualificação inédita para a competição a disputar no Gabão.
Presente pela primeira vez na fase final da CAN, a Guiné-Bissau vai defrontar a seleção gabonesa, a 14 de janeiro, medindo forças depois com Camarões e Burkina Faso, a 18 e 22, respetivamente.

"Tudo é possível, é mais fácil enfrentar o anfitrião no jogo inaugural do que mais tarde. Acredito no grupo de trabalho, que é coeso, determinado e, sem grandes estrelas, tem como estrela a coesão. Está fora de questão ficar na fase de grupos, o nosso objetivo principal é passar esta fase", afirmou o técnico, em entrevista à agência Lusa.


 Durante o estágio em Rio Maior, Baciro Candé reconheceu que a qualificação para a CAN2017 representa "o ponto mais alto do futebol da Guiné-Bissau", concretizado graças aos alicerces criados pelos seus antecessores Norton de Matos e Paulo Torres, a quem agradeceu, observando agora as dificuldades na fase final.

"A Guiné-Bissau está num grupo muito pesado, muito forte. São equipas com grande experiência e grandes jogadores. Nós viemos do nada e vamos continuar a ser humildades a fazer o nosso trabalho", frisou.

Mesmo sem alguns jogadores nesta concentração, Baciro Candé mostrou-se satisfeito com a preparação, ambicionando contar com o esboço para os 23 'eleitos', a anunciar a 20 de dezembro, no próximo estágio, a decorrer igualmente em Rio Maior, entre 10 e 12 de dezembro.

"Este é o primeiro estágio e em meados de dezembro, mesmo sem data FIFA, tudo faremos para conseguir que os clubes dispensem os jogadores. Espero que não haja lesões, porque procuramos ter os melhores para corresponder às expetativas", referiu.

Apesar do feito histórico, Baciro Candé recusou que a atual seja a melhor geração de jogadores guineenses de sempre, atribuindo as ausências anteriores a algumas adversidades e casualidades.

"Acho que a Guiné-Bissau, apesar de ser um país pequeno e humilde, já merecia ter estado nestas andanças há mais tempo. Não houve essa possibilidade, mas Deus abriu-nos a porta agora e, julgo eu, todos os guineenses e amigos da Guiné estão de parabéns", frisou.

O técnico, que já tinha comandado os 'Djurtus', encontrou "muitas diferenças" no seu regresso, assinalando a tentativa da Guiné-Bissau "acompanhar a evolução" para "tentar fazer o seu máximo para poder dignificar o país".

A qualificação para a CAN2017, assegurada em junho último com o triunfo no Grupo E, impondo-se a Congo, Zâmbia e Quénia, assegurou "respeito", sem resolver o impasse quanto aos pagamentos de ordenados à equipa técnica, tendo Baciro Candé admitido ser "muito difícil ultrapassar os últimos sete meses".

"É complicado, por isso é que digo que os jogadores estão de parabéns. O país está em dívida com estes profissionais pelo patamar em que puseram a Guiné-Bissau e acho que merecem outro respeito", rematou, assegurando que a situação está a ser resolvida.

Entre os convocados de Baciro Candé contam-se o internacional luso sub-20 Zé Turbo (Tondela), que cumpre a sua estreia na seleção guineense, entre outros 'portugueses', casos de João Mário (Desportivo de Chaves), Mamadu Candé (Tondela), Nconco (Sporting da Covilhã), Jonas Mendes (Salgueiros), Abel Camara (Belenenses) Nanísio Soares (Felgueiras), Cícero (Paços de Ferreira) e Piqueti Djassi (Sporting de Braga B).

A CAN2017 vai ser disputada em quatro cidades do Gabão, entre 14 de janeiro e 05 de fevereiro.


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
AUGUSTO MIDANA ESTÁ DOENTE E SEM DINHEIRO PARA TRATAMENTO

O tricampeão africano da luta livre, Augusto Midana, que recentemente esteve nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (Brasil), encontra-se em dificuldades, sobretudo com a falta de meios para efectuar o tratamento médico da lesão que sofreu na clavícula direita. O ‘Guerrilheiro’ guineense da arena da luta livre na categoria de 74 quilogramas está doente.
Midana afirma que luta há muito tempo, recebendo apenas um ‘Obrigado’, mas pediu as autoridades para verem os seus resultados e que tente ser justo.
O lutador explicou ainda que neste momento deveria começar a preparar-se para defender o título de campeão africano da luta livre em 2017, mas até agora não conseguiu tratar a sua lesão. 
“Eu consegui esses feitos para o Estado da Guiné-Bissau. O que é que o Governo fez por mim? Nada até aqui… Não estou aqui a pedir milhões, mas que, pelo menos, haja uma justiça entre os desportistas, porque não pode haver o mais importante e o menos importante. O que país pode exigir são os resultados, mas nós conseguimos os resultados que o povo guineense podia exigir, sem nenhum apoio e a custa de grandes sacrifícios”, espelhou o rei de arena da luta livre ao Democrata.
“Como vou defender esse título?! Tenho lesões na clavícula direita desde antes dos Jogos Olímpicos, até agora não consegui o tratamento. A ideia era que a federação internacional da luta livre assumisse o meu tratamento, mas não consegui tratar-me e fui para os Jogos Olímpicos. A responsabilidade agora é do Comité Olímpico, de assumir o meu tratamento, mas nada até agora. Se o Comité Olímpico não conseguir ajudar-me, então falarei com um meu amigo, no Senegal e talvez ele possa ajudar-me”, assegurou o lutador.
Imaginem o que acontece para quem deu corpo e alma conquistando, até aqui, desaseis medalhas das quais, dez de Ouro, três de Prata e três de Bronze para o seu próprio país- (Guiné-Bissau), sem ter dinheiro por parte do Estado guineense para se fazer tratamento médico.
Enquanto os políticos auferem viaturas de luxo e viagens mensais ao estrangeiro sem máximo beneficio ao povo.

Que vergonha!
 ___________________________________________________________

DJURTUS NO POTE-04 PARA O SORTEIO DO CAN-2017
A Confederação Africana de Futebol (CAN) efectou ontem, 27 de setembro, o alinhamento das seleções para o sorteio da prova máxima do futebol africano a ter lugar em Cairo-Egipto, no próximo dia 19 de outubro.
A cidade de Libreville capital do Gabão, vai ser no próximo ano anfitriã da fase final no mês de janeiro do CAN, agrupando dezasseis seleções africanas, das quais a Guiné-Bissau irá ser um estreante da competição.
Os “Djurtus” poderão competir com os ditos “tubarões da África”, tais como os “faróis do Egipto”, “Raposas de Deserto da Alegria”, Os “Leões indomáveis de Camarões”, “Elefantes da Costa do Marfim” entre outros gigantes da bola.    
Eis as seleções:
Pote-01-Gabon, Côte d’Ivoire, Ghana, Algérie
Pote-02-Tunisia, Mali, Burquina Faso, República Democrática do Congo
Pote-03-Camerões, Senegal, Marrocos, Egipto
Pote-04-Togo, Uganda, Zimbabwe, Guiné-Bissau.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

FUTEBOL: DOIS GUINEENSES ENTRE OS JOVENS MAIS TALENTOSOS DO MUNDO 

Os futebolistas de origem guineenses, José Gomes e Domingos Quina, integram a lista de 60 jovens mais talentosos do futebol mundial, divulgou o jornal inglês “The Guardian”.

A escolha envolve futebolistas nascidos em 1999 e Portugal é um dos quatro países que é representado por três atletas, José Gomes, Domingos Quina e Digo Dalot. Os outros são da Bélgica, Brasil e Espanha.
José Gomes, conhecido entre amigos aqui em Bissau por “Zé golo”, jovem avançado de 17 anos, que Rui Vitoria lançou no plantel principal do Benfica, é sem margem para duvidas um dos futebolistas mais talentosos das águias de Lisboa.
“Impressiona pela qualidade à todos aqueles que o vêm a jogar, refere o jornal.
Antigo jogador da Academia Vitalaise em Bissau que foi grande figura do Europeu de sub-17 que Portugal venceu este ano no Azerbaijão, demonstra em cada jogo, que pode vir a tonar uma referência do futebol encarnado e, quem sabe, até mundial.
Domingos Quina, outro jovem luso guineense, é filho de Samuel Quina, antigo central de Benfica e Boavista, é medio do West Ham da primeira liga inglesa do futebol.
O criativo de origem da Guiné-Bissau, com apenas 16 anos, é um dos talentosos da nova geração e não passou despercebido ao Chelsea, que o contratou ao Benfica em 2012, nem ao West Ham, que o contratou este ano e já o lançou na equipa principal.
Quina que a par de José Gomes, foram uma das grandes sensações do europeu de sub-17, também era cobiçado por outras equipas de topo em Inglaterra, nomeadamente Manchester United, Arsenal e Liverpool, e até chegou a ser dado como certo no Arsenal, mas optou por vincular-se ao West Ham.
____________________________________________________________________



O jovem português/Guineense Domingos Quina, de 16 anos, marcou no último fim-de-semana um golo que está a apaixonar os fãs de futebol de todo o mundo.

O jovem campeão europeu português (sub-17) alinhou pela equipa de reservas do West Ham frente ao Leicester, em Inglaterra, e marcou um chapéu a partir do meio-campo, que deixou os adeptos em euforia.

O golo impressiona pela distância a que é marcado, mas também pela colocação da bola no canto superior da baliza, fora do alcance do guarda-redes adversário.

A partida terminou com um empate.
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
AC-SOMEC BATE GÃ-SANHÁ E CONSAGRA-SE CAMPEÃO DO DEFESO DE BAIRRO DE AJUDA EM BISSAU

O Desportivo de AC-Somec de Bairro Militar bateu no sábado, a equipa de Gã-Sanhá do bairro de Cuntum por duas bolas a zero no final do campeonato de Defeso do Bairro de Ajuda, disputado no pelado de Califórnia em Bissau.
A equipa de AC-Somec recebeu o trofeu do campeão e algumas medalhas para depois receber um milhão de francos Cfa, por ter sagrado campeão do Defeso local.
O jogo foi assistido pelo líder do PAIGC, DSP financiador da vedação do campo de Califórnia e o Secretário-geral do PRS, partido que patrocinou parcialmente o campeonato local. O primeiro golo da partida considerado de polémico foi apontado aos 76 minutos por intermedio do Salifo. Enquanto o segundo golo que entusiasmou os adeptos à manifestarem no retângulo do jogo e fez AC de Somec sagrar-se campeão foi marcado pelo pé direito do Infamara, vulgo Drogba. Defrontaram no Campeonato de defeso local doze equipas.    
Notabanca; 09.10.2016

Sem comentários:

Enviar um comentário